29 de out de 2010

Armazém Vieira

Na segunda metade do século XIX o antigo Armazém Vieira foi construído com agregados socados e barro, como aliás eram feitas todas as construções desse período. 
Em 1915 o Armazém passou a entreposto comercial, promovendo a distribuição das mercadorias que chegavam do interior da ilha para a capital.
Em 1980, o novo proprietário do Armazém que estava em ruínas, inicia sua restauração e com isso promove o primeiro tombamento voluntário na cidade de Florianópolis e no Estado de Santa Catarina.
Desde 1984 o Armazém Vieira se destaca como bar, com um diferencial interessante pois em suas instalações acontece o envelhecimento e engarrafamento de uma cachaça artesanal muito apreciada no exterior.
Vários artistas plásticos expõem suas obras no bar e novos talentos musicais são revelados neste famoso entreposto cultural, além é claro de ter sempre um publico seleto e de muito bom gosto.



A cachaça envelhecida ARMAZEM VIEIRA é produzida destilando o caldo-de-cana da cana de açúcar, segundo um processo desenvolvido nas Ilhas de Açores e Madeira no século XVII e aperfeiçoado pelos proprietários da atual marca que, em 1983, decidiram dar um caminho aos pequenos produtores de cachaça da região litorânea da Ilha de Santa Catarina.
Na Ilha de Santa Catarina, no auge da produção de cachaça, operavam mais de 100 alambiques de cana, e hoje restam apenas dois devido a transformação da cidade portuária em cidade turística.


Em contrapartida a plantação de cana de açúcar "crioula ou cana fita", origem da cachaça ARMAZEM VIEIRA, expandiu-se na região litorânea do continente, abrangendo uma faixa para o norte e para o sul da Ilha de Santa Catarina de 200 km de extensão que se adentra no continente até as encostas da Serra do Mar
A cachaça ARMAZEM VIEIRA é feita do caldo-de-cana de cana de açúcar destilado em um alambique mais elaborado, todo em cobre. Os processos de fermentação e destilação da cachaça são os tradicionais do século XVIII, aprimorados tecnologicamente para atingir os padrões de qualidade encontrados nos grandes destilados internacionais.
O alambique que produz a cachaça ARMAZEM VIEIRA, fica no interior de Antônio Carlos, cidade que fica a 40 km da Ilha de Santa Catarina, junto a um pequeno e rápido rio de onde vem a força motriz do engenho. Este rio nasce na encosta da Serra do Mar e suas águas são limpas e livres de sais minerais.
A cachaça nova assim produzida é transferida, para seu envelhecimento, da fábrica de Antônio Carlos para os tonéis de madeira, da essência ariribá, localizados nos fundos do ARMAZEM VIEIRA, prédio histórico, localizado em Florianópolis. Esse prédio atende a todos os requisitos estabelecidos pelo Ministério de Agricultura, órgão regulamentador da produção de bebidas alcoólicas no Brasil. As instalações do ARMAZEM VIEIRA estão licenciadas sob o número 421.00235-2 desde 6 de Abril de 1987.
Para o correto envelhecimento da cachaça ARMAZEM VIEIRA, são utilizados antigos tonéis de madeira, da essência ariribá, procedentes da mata litorânea da Ilha de Santa Catarina.

Hoje o Armazém Vieira é ponto de referencia para o encontro de amigos e visitantes da ilha de Florianópolis.
Conta com uma culinária diversificada, e com uma ótima carta de bebidas para satisfazer os mais exigentes.


Horários de funcionamento:

Segunda a Quarta = 18:00 as 01:00
Sextas = 18:30 as 03:00
Sábados = 21:00 as 03:00

Devido a alguns eventos podemos alterar o horário de funcionamento sem prévio aviso.

  • Rua Aldo Alves, 02 - Saco dos Limões
  • FlorianópolisSC – 88045-600
  • Tel. (48) 3333-8687
  • www.armazemvieira.com.br



Exibir mapa ampliado
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

.

Vídeos

Loading...

DICA EMPRESARIAL