16 de jan de 2012

Thiago Tavares desembarca em Florianópolis com mais uma vitória no cartel

Catarinense era aguardado por cerca de 30 pessoas no aeroporto Hercílio Luz.

Cerca de 30 pessoas aguardavam o catarinense Thiago Tavares, 27 anos, que desembarcou ontem no Aeroporto Internacional Hercílio Luz com mais uma vitória no cartel, após lutar no sábado com o canadense Sam Stout, no UFC 142. A edição carioca do evento foi marcada por polêmicas e o triunfo dos brasileiros nos principais combates da noite.

Thiago teve trabalho para superar o seu adversário. Tanto que chegou a balançar no final do terceiro e último round após levar um soco cruzado do canadense. No primeiro round, Thiago conseguiu boas quedas e usou o jiu-jitsu para dominar a luta no chão. No segundo, o canadense evitou a luta no chão, mas o catarinense foi melhor na troca de socos. No final, por decisão unânime dos juízes, melhor para lutador do Avaí, que soma 21 vitórias nas artes marciais mistas (MMA), e segue na briga para ambicionar o cinturão dos pesos-leve (até 70 quilos).

A principal polêmica da noite aconteceu depois que Erick Silva nocauteou Carlos Prater aos 29 segundos e o árbitro Mario Yamazaki interrompeu a luta. A decisão foi revertida sob alegação de que Silva efetuou socos e cotoveladas na nuca do adversário, o que é proibido. A segunda aconteceu após a vitória do carioca Vitor Belfort sobre o americano Anthony Johnsson. Finalizado com um mata-leão (enforcamento), Johnsson foi demitido do UFC após a derrota por ter lutado cinco quilos acima do peso da categoria meio-pesado.

No último confronto da noite, o atual campeão dos pesos-pena, José Aldo, fez o norte-americano Chad Mendes conhecer a derrota pela primeira vez após acertar uma joelhada. O brasileiro manteve o cinturão e quebrou o protocolo ao festejar o nocaute com a plateia.

fonte:clickrbs.com.br
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

.

Vídeos

Loading...

DICA EMPRESARIAL