13 de out de 2014

Sem muvuca, point do Riozinho, no Sul da Ilha, está na medida para quem gosta de sossego

Ninguém precisou disputar um espacinho faixa de areia.


Diferente do fervo de sábado, que mais lembrava Copacabana cravejada de guarda-sóis, o point do Riozinho, na Praia do Campeche, estava na medida para quem gosta de sossego à beira-mar.

Quem se deu ao luxo de curtir a praia em plena segunda-feira não precisou disputar um espacinho na faixa de areia. Dava para escolher à vontade onde estender a canga e armar o guarda-sol.

A família Rech trocou a Serra Gaúcha pelo Litoral Catarinense pelo menos até o próximo domingo. O casal Fabiane e Volmir, de São Marcos, aproveitou o segundo round das férias para voltar à Ilha com os dois filhos e uma afilhada. No início de janeiro eles já tinham passado uns dias por aqui.

— Tentamos fugir da muvuca do Revéillon e do Carnaval. Como temos um apartamento no Campeche, gostamos de ficar nas praias do Sul da Ilha, mas também circulamos no Norte e Lagoa. Hoje me ligaram cedo do trabalho e eu tive que deixar eles com inveja: "liga pro fulano, que eu estou indo pra praia".

Com um livro que bem resume o espírito de quem está de pernas pro ar, "Não leve a vida tão a sério", Raquele Ziani Silva veio pegar um bronze e descansar. A curitibana de 33 anos fica até sexta-feira no Sul da Ilha. Planos para os próximos dias?

— Não sei. Tô de férias!

Para completar o visual paradisíaco do Riozinho, a Ilha do Campeche podia ser o cenário da tradicional foto do pezinho esticado na areia, registro debochado e quase provocador para aqueles que enfrentam o início de uma semana de trabalho.

Fonte: diariocatarinense.clicrbs.com.br

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

.

Vídeos

Loading...

DICA EMPRESARIAL