16 de abr de 2010

Duas casas em áreas de preservação são demolidas em Florianópolis

Floram deve retomar na segunda a demolição de uma rua no Sul da Ilha de Santa Catarina

A Fundação Municipal do Meio Ambiente (Floram) demoliu duas casas nesta quinta-feira em Florianópolis. As demolições foram necessárias porque as duas residências estavam em Áreas de Preservação permanente (APP).

Um das casas estava em construção sobre as dunas do Costão do Santinho, Norte da Ilha de Santa Catarina. Segundo a assessoria de imprensa da Floram o proprietário já havia sido notificado, mas como não tomou providências a obra foi demolida.

No bairro Monte Verde, outra casa foi demolida nesta quinta-feira. Ela estava sob as mesmas condições da anterior.

Demolição continua na Costeira

A demolição completa de uma rua no Maciço da Costeira, Sul da Ilha, que começou na semana passada, deve ser retomada na próxima segunda-feira. O calçamento era uma tentativa de fazer um loteamento no local, que também é APP.

Na quinta-feira, dia 8, a Floram esteve no local e começou a desmanchar a rua. Nesta quinta-feira, um dos proprietários da área recebeu uma multa de R$ 40 mil (R$ 10 mil por construir ruas e calçadas, R$ 10 mil pelo corte de vegetação e R$ 20 mil pelo desrespeito ao embargo da Floram). Segundo a assessoria do órgão, todos os crimes ambientais estão previstos no Decreto 6514/08.

Um residência localizada na área também deve ser demolida. Segundo a Floram, os proprietários deverão, ainda, reflorestar a área degradada. Eles podem recorrer das decisões.
DIARIO.COM.BR
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

.

Vídeos

Loading...

DICA EMPRESARIAL