16 de abr de 2010

Florianópolis na Copa, por Homero Gomes*

Por algum motivo, Florianópolis não foi escolhida como subsede da Copa 2014. Ainda assim, animados pela justa convicção de que a nossa cidade possui as credenciais necessárias para vir a ser protagonista neste que é um dos maiores eventos do planeta, estamos encaminhando ao Comitê Organizador Fifa a candidatura oficial de Florianópolis como team base camp. Vamos oficializar nossa intenção de receber e hospedar, ao menos uma seleção, acompanhada de sua torcida e imprensa. Um dado: na África do Sul, estima-se que 30 mil norte-americanos cruzarão o Atlântico para torcer pelo seu time. Numa rápida conta, estamos falando de uma receita estimada em mais de US$ 100 milhões em 15 dias. Significa milhares de novos empregos para um universo de trabalhadores que serão capacitados para receber bem o turista. Significa retomarmos a busca por recursos para obras de infraestrutura.

Sabemos que a escolha de uma “Cidade Campo Base” é feita pela confederação de futebol de cada país. Ou seja, dependerá da união de esforços entre a prefeitura, governo do Estado e todo o trade turístico. Nosso otimismo está respaldado pelas condições que a cidade oferece: capital de melhor IDH, sólido parque hoteleiro, serviços de qualidade crescente e as belezas naturais de um dos mais exclusivos destinos turísticos do Brasil. Em termos de logística, estamos a uma hora de voo das principais subsedes da Copa. Nosso aeroporto internacional é o que mais permanece aberto para pousos e decolagens no Centro-Sul do Brasil. Por fim, cabe observar que nossa cidade já é um destino turístico consagrado e o povo está acostumado a receber bem os visitantes.
* SECRETÁRIO MUNICIPAL DE TURISMOFonte: Diariocatarinense.com.br
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

.

Vídeos

Loading...

DICA EMPRESARIAL