12 de abr de 2010

Léo Neves e Suelen Naraisa vencem o Brasil Surf Pro de Ubatuba

Carioca derrotou o cearense Márcio Farney na final masculina

O carioca Leonardo Neves e a ubatubense Suelen Naraisa foram os vencedores do Brasil Surf Pro de Ubatuba, que terminou neste domingo no litoral de São Paulo. Na final masculina, Léo derrotou o cearense Márcio Farney, que também foi vice-campeão em 2009 na Praia de Itamambuca. Já a decisão feminina foi disputada por quatro surfistas, e a campeã brasileira superou a defensora do título da etapa, a catarinense Juliana Quint. O paulista Heitor Pereira e o potiguar Alan Jones dividiram o terceiro lugar no pódio masculino.

O próximo desafio na corrida pelos títulos brasileiros da temporada no Brasil Surf Pro 2010 será na Praia do Cupe, em Porto de Galinhas, no município de Ipojuca. A prova será realizada entre os dias 14 e 18 de julho no litoral sul de Pernambuco.

— No ano passado eu sofri, não corri nenhuma etapa e já voltar assim, com uma vitória, foi excelente. O mar foi difícil a semana inteira. Hoje tive de disputar quatro baterias, já estava cansado e tinha que arriscar as manobras, então dei tudo de mim nestas duas últimas ondas. A vitória foi por pouco, mas acho que foi merecida pelo que fiz no campeonato — comemorou o atleta.

Não entraram muitas ondas boas nas baterias decisivas do Brasil Surf Pro, nas séries de 3 a 5 pés de altura do domingo decisivo na Praia de Itamambuca. Márcio Farney liderou quase toda a final masculina com a nota 6,73 da sua terceira apresentação, que foi a maior da bateria. Já Léo Neves mostrou toda a sua experiência para virar o placar nos minutos finais, quando conseguiu notas 5,60 e 5,87 seguidas.

O resultado final ficou em 11,47 x 10,56 pontos, e Léo faturou os R$ 25 mil da vitória, enquanto Farney ganhou R$ 12 mil da primeira parcela da premiação recorde de R$ 1 milhão que será distribuída nas cinco etapas da nova Divisão Principal do Brasileiro.

Para chegar à final, Léo Neves começou o domingo derrotando o vice-campeão brasileiro Jano Belo, depois passou pelo ubatubense Hizunomê Bettero e pela surpresa da etapa de abertura do Brasil Surf Pro, o potiguar Alan Jones, na semifinal. O vice-campeão Márcio Farney tirou os dois últimos paulistas do evento, Flávio Nakagima nas quartas de final e Heitor Pereira na semifinal.

A campeã brasileira Suelen Naraisa comemorou muito a vitória no feminino. Ela havia vencido a etapa de Ubatuba da Divisão Principal em 2005, 2007 e 2008 e o tetracampeonato veio num momento especial da sua vida. A nota 6,5 recebida na melhor onda surfada pelas meninas na final lhe garantiu a vitória e a liderança no primeiro ranking do Brasil Surf Pro 2010. Após a vitória, ela desabafou:

— Pouca gente sabe, mas neste ano foi muito difícil pra eu competir aqui em Itamambuca, porque meu avô (Nelson) faleceu há dois meses e não sentir a presença dele aqui na areia foi muito difícil, mas sei que ele estava lá em cima mandando vibrações positivas. Esta vitória é para você, vô! — gritou Suelen — Eu sei o quanto ele está feliz com essa vitória e agora é rumo ao bicampeonato — acrescentou.

Ranking nacional masculino:
01- Leonardo Neves (RJ) – 1.000 pontos
02- Márcio Farney (CE) - 860
03- Heitor Pereira (SP) - 730
03- Alan Jones (RN) - 730
05- Pedro Henrique (RJ) - 610
05- Odirlei Coutinho (SP) - 610
05- Hizunomê Bettero (SP) - 610
05- Flávio Nakagima (SP) - 610
09- Jano Belo (PB) – 500
09- David do Carmo (SP) – 500
09- André Silva (CE) – 500
09- Rudá Carvalho (BA) – 500
09- Guga Arruda (SC) – 500
09- Leandro Bastos (RJ) – 500
09- Victor Ribas (RJ) – 500
09- Franklin Serpa (BA) – 500
Ranking nacional feminino:
01- Suelen Naraisa (SP) – 1.000 pontos
02- Juliana Quint (SC) – 860
03- Gabriela Teixeira (RJ) - 730
04- Diana Cristina (PB) - 670
05- Cláudia Gonçalves (SP) - 610
05- Jacqueline Silva (SC) - 610
07- Nathalie Martins (PR) - 555
07- Camila Cássia (SP) - 555
CLICESPORTES
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

.

Vídeos

Loading...

DICA EMPRESARIAL