9 de fev de 2012

Intel Extreme Masters: os melhores gamers do mundo começam a disputa na etapa Brasil

Partidas com mais de uma hora de duração, coreanos dando trabalho: conheça as expectativas de quem está por trás do campeonato.

"Realmente inesperado". Este foi o termo usado por Michal Blicharz, mais conhecido entre os entusiastas como "Carmac". Este executivo polonês, que é Diretor de "Pro Gaming" daElectronic Sports League (entidade parceira da Intel para o Extreme Masters) confessa que não contava com tanta garra dos jogadores brasileiros e do apoio da torcida presente na Campus Party. "A plateia tem uma energia incrível, e os jogadores tratam cada partida como se fosse a finalíssima, embora estejamos ainda nas partidas de grupo".



Neste que foi o primeiro dia do torneio (houveram partidas em 7/2, mas elas serão incorporadas nos resultados de hoje), Carmac diz que um fator surpreendente foi a representação dos coreanos, "sempre favoritos nessa competição". Por enquanto, eles estão apenas em quarto lugar no ranking. Ele ressalta, no entanto, que somente um coreano jogou hoje, enquanto amanhã (9/2) serão três: "honestamente, acho que os brasileiros podem não ir às finais, mas a experiência é sempre recompensadora. Jogar partidas ao vivo assim, contra os melhores gamers do mundo, é sempre um aprendizado, um treinamento de guerra", completa.


Segundo a ESL e o próprio Carmac, a ideia de promover o Extreme Masters na Campus Party é justamente dar aos espectadores a chance de experimentar "a energia vinda de partidas eletrizantes, de alto nível, ao mesmo tempo em que os melhores jogadores buscam o estrelato".

O Intel Extreme Masters, pelo jeito, começou a todo vapor. As partidas podem ser vistas ao vivo no estande da Intel, na área aberta a todos os visitantes da Campus Party, gratuitamente. Se você não puder comparecer, pode acompanhar o live streaming do torneio por aqui.

Fonte: olhardigital.uol.com.br
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

.

Vídeos

Loading...

DICA EMPRESARIAL