23 de jan de 2012

Sobe para 66 pontos impróprios para banho em praias no Litoral de Santa Catarina

Turistas e moradores devem ficar de olho nas placas que indicam a balneabilidade.


Os banhistas que pretendem pegar um praia nos próximos dias devem ficar atentos aos locais próprios para banho. O novo relatório da Fatma aponta aumento de 12 pontos impróprios no Litoral de Santa Catarina em relação a semana anterior.

Conforme o monitoramento feito em 195 pontos em todo o Estado, 66 deles estão impróprios. O levantamento semanal mostra as condições de banho no Litoral e avalia as condições do mar.

Turistas e moradores devem ficar de olho nas placas que indicam a balneabilidade. De acordo com o gerente de Avaliação da Qualidade Ambiental de FATMA, Haroldo Tavares Elias, Balneário Camboriú e Florianópolis foram os locais onde houve maior aumento de impropriedade.

Banho de mar na Capital

Na Capital, dos 65 pontos monitorados pelos técnicos da Fatma, 29 não são indicados para o banho. Quem está curtindo o verão no Norte da Ilha não tem muito o que comemorar.

A incidência de chuva combinada ao gigantesco fluxo de turistas e um sistema de esgoto sobrecarregado agrava a situação. Pelo menos cinco pontos em praias em Canasvieiras, Santo Antônio de Lisboa e Sambaqui estão com a qualidade sanitária da água comprometida.

Já no Sul da Ilha, o Riozinho na praia do Campeche, voltou a ficar próprio para banho. O local é point, especialmente de crianças, que aproveitam para brincar na água calma. Segundo a Fatma, a água contaminada trazida pela chuva pode ter diminuido na região nos últimos.

Independente das placas de balneabilidade, os técnicos do órgão ambiental não indicam o banho de mar após dias chuvosos. A chuva "lava as ruas", levando água contaminada para o mar. Locais próximos de braços de rios, córregos e tubulações também devem ser evitados.

Fonte: diariocatarinense.clicrbs.com.br
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

.

Vídeos

Loading...

DICA EMPRESARIAL